Lembre a carreira de Tim Burton como diretor e produtor

/album/lembre-a-carreira-de-burton-como-diretor-e-produtorr/batman-returns-poster2-jpg1/ Já com a moral lá em cima, ele aceitou fazer Batman – O Retorno (1992), mas com a condição de ter total controle sobre o filme. E o resultado foi um filme considerado muito sombrio, assustador demais para as crianças. /album/lembre-a-carreira-de-burton-como-diretor-e-produtorr/edwoodposters-jpg1/ A segunda parceria de Burton e Depp aconteceu em 1994, quando eles fizeram a cinebiografia daquele que é considerado “o pior cineasta de todos os tempos”, Ed Wood. Martin Landau ganhou o Oscar de Ator Coadjuvante por interpretar Bela Lugosi.
/album/lembre-a-carreira-de-burton-como-diretor-e-produtorr/marteataca-jpg/ /album/lembre-a-carreira-de-burton-como-diretor-e-produtorr/a-lenda-do-cavaleiro-sem-cabeca-jpg1/ E adivinha quem voltou em 1999, para estrelar A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça? Desta vez Johnny Depp foi Ichabod Crane, na adaptação do livro de Washington Irving, e teve como par Christina Ricci. O filme foi uma homenagem de Burton aos clássicos d terror
/album/lembre-a-carreira-de-burton-como-diretor-e-produtorr/stainboy-gif-jpg1/ Em 2000 Tim Burton fez algo bem diferente: a série de animações em flash The World of Stainboy. O personagem havia aparecido pela primeira vez no livro The Melancholy Death of Oyster Boy, também de sua autoria. Foram seis episódios. /album/lembre-a-carreira-de-burton-como-diretor-e-produtorr/planeta-dos-macacos-jpg1/ Planeta dos Macacos (2001), que conta fatos anteriores aos acontecimentos do clássico de 1968, marca Tim Burton pelo bem e pelo mal. O lado bom foi ele ter conhecido no set a atriz Helena Bonham Carter, sua mulher,
/album/lembre-a-carreira-de-burton-como-diretor-e-produtorr/peixe-grande-poster-jpg1/ Em compensação, dois anos depois veio o favorito de muitos fãs, o colorido e poético Peixe Grande, sobre a jornada de um homem que quer comprovar se todas as histórias fantásticas que seu pai contava eram reais ou puro exagero. /album/lembre-a-carreira-de-burton-como-diretor-e-produtorr/a1021538-4-jpg1/ Em 2005 o diretor encarou o desafio de fazer o remake de um clássico dos anos 70, A Fantástica Fábrica de Chocolate. E, pela primeira vez, uniu seus dois musos: Johnny Depp e Helena Bonham Carter .
/album/lembre-a-carreira-de-burton-como-diretor-e-produtorr/a4-a-noiva-cadaver-tim-burton%c2%b4s-corpse-bride-%282005%29-jpg/ No mesmo ano ele fez uma declaração de amor à mulher – óbvio que bem ao seu estilo: criou para ela a animação A Noiva Cadáver. E nessa volta ao seu ambiente mais tradicional, o sombrio, fez questão de unir novamente seus dois atores favoritos. /album/lembre-a-carreira-de-burton-como-diretor-e-produtorr/bones-killers-tim-burton-jpg/ Em 2006 o cineasta estreou em outro setor: dirigiu seu 1º videoclipe. Para Bones, da banda americana The Killers, ele usou trechos de filmes e fez uma sátira à clássica cena do beijo na praia em A Um Passo da Eternidade, desta vez encenada por esqueletos.
Itens: 11 - 20 de 31
<< 1 | 2 | 3 | 4 >>

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!